Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Quero, ou queria tanto! #52

Lembro-me de ter dois casacos de ganga. Um de ganga clara e outro de ganga mais escura. O mais claro era mesmo bonito, usei e abusei dele, entretanto deixou de estar na moda. Guardei-os durante imenso tempo e aquela porra nunca mais voltava a estar na moda.  Boa pessoa como sou, dei os blusões, tal como faço com qualquer peça de roupa que não uso ou que não me serve e ainda se encontra em condições de vir a ser usado.E como acontece sempre, acabo de dar os blusõs e passado uns meses começa nova febre da ganga. Claro. E eu sem o raio dos blusões que de de livre vontade.

Resisti este tempo todo, desejei que fosse uma moda rápida, mas parece que a coisa está para durar e lá fui eu comprar um com o pouco dinheiro que recebo da formação.

Blusão básico de ganga Pull&Bear - 29.99€

 

Entretanto, ando completamente apaixonada por tudo o que é preto, e as minhas calças pretas já não estavam muito bem e lá trouxe umas Jeggings pretas.

 

 Jeggings básicas pretas Pull&Bear - 19.99€

 

 Imagens retiradas do site da Pull&Bear

Baby Boom!

Parece que decidiu tudo engravidar!

Tenho tanta, mas tanta gente à minha volta que vai ser pai/mãeque até tou parva. Tenho pelo menos 5 pessoas que irão contribuir para o aumento da natalidade. Procriai jovens, procriai que eu quero trabalhar, quantos mais bebés melhor.

Só há aqui um senão: estão-me a passar a vontade a mim de também querer entrar nessa onda.

 

Devo estar doente...

Definitivamente, acho que estou com um problema grave de sono.

A noite passada dormi das 21 às 11 e tal da manhã. Tudo bem que estava com uma dor de cabeça de todo o tamanho, mas tive a capacidade de dormir aquele tempo quase todo. Claro que acordei pelo meio para ir à casa de banho e com barulho e tudo, mas a facilidade em adormecer foi notória!

Será que preciso de ajuda?

Cortei o Cabelo!!!!

...não, não fiz um corte radical.

Eu bem queria ter coragem para cortar esta porcaria pelos ombros, mas não a tenho.

É sempre essa minha ideia quando entro na cabeleireira: "ah e tal quero cortar pelos ombros" mas depois começo a pensar nas minhas pontas encaracoladas, nos jeitos e remuínhos que tem o meu cabelo e digo apenas "corta o essencial", não vá eu parecer um bixo estranho quando lavar o cabelo em casa.

E lá venho para casa toda contente e a dizer que para a próxima corto pelos ombros. Nem eu própria acredito nisso mas pode ser que me passe alguma coisa má pela cabeça e a cabeleireira vá nas minhas cantigas.

 

Pág. 1/5