Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Dos autocarros...

Já perdi a conta ao número de vezes em que disse que odeio andar de autocarro.

Felizmente, tenho tido a sorte de ter o carrinho da minha mãe quase sempre à minha disposição, seja para ir beber um café, dar um passeio, para ir a entrevistas e agora para ir trabalhar as duas horitas que arranjei. Mas claro que quando entram as fantásticas formações do centro de emprego, tenho de me sujeitar a ir de autocarro porque eles pagam as despesas o que já e muito bom. O pior é que o meu medo de perder o autocarro sempre foi grande, e aqui a Rita tem de apanhar o autocarro as 8:20 e vai para a paragem as 8:00 porque o maldito nunca lá passa à hora prevista. Ou passa às 08:10 ou às 08:30, e lá fico eu feita mula à espera do bicho.

Depois há o dilema de vir para casa, o caralho do autocarro aqui para casa passa de meia em meia hora, a formação acaba as 13:30, e o maldito passa às 13:30 e depois só às 14:30, e lá fico eu a ver montras a fazer tempo e sem dinheiro para gastar.

Já disse que odeio andar de autocarro?

TAG - Coisas que me deixam feliz

-B! também me desafiou para escrever sobre as coisas que me deixam feliz. Como já tenho os 26 anos (eu sei, é assustador), tenho de escrever 26 coisas que me fazem feliz nesta vida!

Ora cá vai:

 

1- Os meus pais

2- a minha irmã

3- as minhas sobrinhas

4- o meu namorado

5- beijinhos

6- amigos

7- mar

8- comer

9- chocolates

10- doces e bolos

11- passear

12- dormir

13- ouvir música

14- férias

15- sol

16- praia/piscina

17- Comprar roupa e sapatos

18- abraços

19- receber presentes

20- trabalhar com crianças

21- conduzir

22- nutella

23- andar descalça

24- nadar

25- flores/plantas

26- liberdade

 

Dos exibicionistas!!

Acho que não ria com as desgraças dos outros como ri no domingo passado há imenso tempo!

Em plena A8, com o céu a ameaçar chover e bem,  passa um desgraçado a armar-se em bom num descapotável. O carrito não valia nada, mas era motivo de orgulho do dono que lá ia sentado de cabelos ao vento. Começou a chuviscar, mas como o moço no seu descapotável não devia conseguir ver o céu, não percebeu que a chuva ia cair forte e feio, e lá continuou com a sua vaidade. O senhor meu pai, gozão como é, não evitou comentar algo como "devia forrar-se a chover antes de ele fechar a capota". Pois que foi ele a acabar de falar e começa a cair uma chuva tão forte, que nós, de limpa vidros no máximo, estávamos a ver com dificuldade. Claro que apesar de toda a dificuldade em ver, andei a fazer malabarismo para observar o gajo a conduzir completamente encharcado e a parar na berma para fechar a merda da capota que só fechava com o carro parado.

Foi a comédia em plena autoestrada, parece uma anedota, mas é real.

De uma gripe valente o homem não se deve ter livrado e o interior daquele carro também deve demorar uns dias a secar!

Quero ou queria tanto #64

Ainda de volta dos bikinis, trikinis e fatos de banho, há mais uma marca que anda a dar cabo de mim. Acho que toda a gente já conhece a NYOS,  que tem uma coleção linda de morrer e que acho que não consigo escolher o meu preferido, gosto de todos, mas em especial estes aqui em baixo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conclusão: Acho que tenho de trazer a coleção toda para casa!!

Desafio Conheces o teu blog!

Fui desafiada pela Helena e pela Jess para mais um desafio, desta vez sobre o meu conhecimento acerca do blog.

Como é domingo e já estou farta de ver parolos a cantar em todos os canais e mais algum decidi vir responder porque já está em atraso a algum tempo.

Ora cá vai:

 

1. Há quanto tempo tens o teu blog?

Há um ano e 3 meses.

2. Em que dia é que o teu blog foi criado?

29 de Janeiro

3. Sem ires ao painel, quantas visualizações tens, aproximadamente?

Não faço ideia,  só mesmo fazendo batota, ou então dou uma de Cláudio Ramos e atiro para o ar algo como 2500000 visualizações.

4. Sem ires ao painel, quantos comentários tens, aproximadamente?

Eu sei lá.

5. Quantas mensagens publicadas tens?

Não sei, parece que realmente não conheço o meu blog.

6. Quantos seguidores tens?

100????

7. Quem mais sabe da existência do teu blog?

O meu namorado, uma amiga que também anda por estas andanças e uma outra amiga que queria cirar um blog comigo. E ach que já e gente a mais porque isto de querer falar mal de tudo e de todos não se pode fazer com muita gente com conhecimento do blog.

8. Já alguma vez pediste conselhos a outro blogger?

Não.

9. Lembras-te perfeitamente de todos os layouts que o teu blog teve?

Este que tenho agora é o segundo e ainda está fresquinho.

10. Que opinião achas que as pessoas têm do teu blog?

Olha que pergunta, acham que é maravilhoso. Com 2500000 visualizações só pode ser maravilhoso. Ou não.

 

 

Já mora cá em casa #2

Ando em busca de calças há mil anos, mas é incrível 90% das lojas mais acessíveis (Zara, Pull, stradivarius,....) as calças serem todas rasgadas. Eu até acho alguma graça, mas não consigo dar dinheiro quando as calças trazem um corte nos joelhos de lado a lado.  E para além das calças rasgadas, há as calças com efeitos no joelho, eu, pessoa de metro e cinquenta e seis, de perna curta, nunca fico com aquela porcaria no joelho, mas sim mais abaixo, o que quer dizer que nem vale a pena experimentar. Portanto, trouxe o + simples que lá havia só por dizer que precisava mesmo, mesmo.

 

Jegging de ganga elástico - 17.99€ Pull&Bear

 Camisola riscas de marinheiro 9.99€ Pull&Bear

 

Vê-se mesmo que o dinheiro abunda por aqui não é?

 

Quero ou queria tanto #63

E pronto, chegou a altura em que as marcas mostram ao mundo as novas coleções de bikinis e fatos de banho e a Latitd não é excepção. E uma pessoa como eu, que é viciada em bikinis entra em paranóia a querer todos.

Estou completamente in love com estes da Latitd:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acreditem, tivesse eu cheia de dinheiro e trazia um de cada cá para casa!

São lindos de morrer.

 

 

 

 

 

 

 

Pág. 1/4