Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Estou viva!!!

Sim, é verdade que me cansei um bocado do computador, do blogue e das internet's. Estava cansada de passar grande parte do tempo no pc e decidi aproveitar o bom tempo e o facto de vivier perto da praia para usufruir da mesma. E assim foi. Entretanto também passei a última semana no Algarve que soube-me a Nutella às colheradas e  agora aqui estou eu.

Estou pronta para voltar ao activo, só espero é ter tempo porque aproxiam-se bons tempos e amanha espero ter uma grande novidade para contar!

 

 

Sorte ao jogo

Mais 10€ numa raspadinha de 2€.

E não, nem fui eu que comprei a raspadinha.Não comecem já aí com merdas de que estou desempregada mas que me meto a gastar o pouco dinheiro que tenho em jogos de sorte ou azar.

Chegaram ao pé de mim e disseram "Toma, já que costumas ter sorte, vê la se tens nessa também". E lá estavam eles à minha espera.

O que é certo é que estas duas raspadinhas já me pagaram o arranjo do Iphone.

Obrigada por tudo, a sério

"nao estou como tu aí sentada no sofá o dia todo"

Primeiro não é verdade, porque não é o dia todo, e também não estou porque simplesmente me aptece.

Não tenho trabalho, não consigo arranjar em lado nenhum, nem na área nem fora dela e o blog no último ano tem sido um escape para toda a minha infelicidade e frustação. E como tal, uso um sofá e um computador.

Mas isso é a parte que menos interessa.

O pior disto tudo, é que há 4 pessoas que mais que tudo sabem o quanto odeio que me atirem à cara que não faço nada e que passo o dia sentada sem fazer nada. A minha irmã, o meu pai, a minha mãe e o meu namorado. Dessas 4 pessoas, a única nunca me disse isso e nunca o fará é a minha irmã. Os restantes 3, apesar de saberem que ao dizerem me irão meter a chorar, a desejar desaparecer e a tentar não mandá-los para o caralho no minuto seguinte, disseram-na. 2 na segunda, 2 hoje.

As 3 pessoas que mais amo nesta vida em vez de me apoiarem magoam-me todos no mesmo dia, todos da mesma forma.

Obrigada por me ajudarem a destrui-me a mim própria, a sério. Estão a ajudar imenso.

dias lixados

Há dias em que a solução mais fácil seria deseparecer.

Há dias em que nada me faz feliz, que qualquer coisa, palavra, atitude me deixa lá mesmo no fundo do poço.

Esta merda de ter 26 anos feitos, não ter trabalho e estar enfiada na casa dos pais só faz com que seja tudo pior. Mete-me aqui feita parva a chorar e a desejar desaparecer. Por muito que pense em famíia, nas sobrinhas e no namorado, nada me alegra. Só me faz sentir pior.

Há dias como este em que só me aptece fechar a porcaria dos olhos e desaparecer.