Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Cena de caricatura!

Acho que já disse algures para aqui que sou pequenita, rodinhas baixas, o que quiserem chamar, tenho 1,56m!!  O que quer dizer que tenho complexos com isso, irrita-me profundamente ser pequena, que me digam que sou pequena, que se metam a comparar alturas. E como não bastasse ser apenas pequena, ter cara de miúda também não ajuda, o que muitas das vezes faz com que me dêm 18 anos em vez dos 26!

Mas estava eu a dizer que tinha complexos com o facto de ser pequena, mas pensando bem, se me dessem a escolher entre ser pequena e ser demasiado grande, preferia ser pequena.

Mas porque é que eu vim para aqui com esta conversa acerca das alturas? Porque ontem tive um episódio espectacular, e só eu sei o misto de sentimentos com fiquei na altura. Primeiro senti-me mal como tudo e depois perdi-me de riso.

Então, o meu pai precisou de sair e fiquei eu no escritório do meu pai. Aparece um fornecedor, e vem ter comigo. Primeiro, assustei-me com a altura do homem, 2 metros à vontade. Mas ao contrário de mim, ele deve-se sentir muito bem com a sua altura, porque em vez de se deixar estar a uma distância razoável de mim, preferiu meter-se a 5 cm de distância e ficar ele a olhar para baixo, e eu a arranjar um problema de pescoço a olhar praticamente para o céu. Estão a visualizar não estão? Afastei-me, e o homem aproximou-se de novo. Ele a falar e eu a pensar se ele não estaria a gozar comigo, estava-me a sentir completamente ridícula. Nisto, oiço a minha sobrinha a rir que nem uma perdida a observar a cena. Só sei que o homem foi embora e fiquei uns 10 minutos a rir que nem uma perdida!

Acreditem, parecia uma anã e um gigante, se vissem, mijavam-se a rir!

4 comentários

Comentar post