Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Orelhas...

Tenho novamente a minha sobrinha mais nova comigo, está doente, e como é óbvio, não pode ir à creche. A tia, como não faz nada da vida, felizmente pode ficar com a menina em casa, em vez da mãe faltar ao trabalho. Isto é tudo muito bonito e eu adoro tê-la cá, mas depois tem muitos senãos. Não é que a rapariga, que já tem dois anitos, sempre teve o vício de adormecer agarrada às orelhas de quem a for adormecer. Pois, parece bonito, mas nem sempre são festinhas que ela faz, assim que nos viramos para o outro lado, a mão dela vem atrás, chega a ter uma mãe em cada orelha nossa, tivessos nós umas três ou quatro orelhas que ela arranjava forma de as agarrar todas!

O problema maior, é que eu acho que se ela tiver cá 15 dias (esperemos que não), as minha orelhas devem crescer mais uns milímetros...

Os homens e a dança

Se há aula que gosto para descontrair no ginásio, é a aula de SH'bam. E porquê? Apesar de ser pessoa de ficar contida quando me puxam para dançar em qualquer lado, eu até gosto, tenho cá o bixinho, mas a vergonha também cá está e acaba sempre por dominar o bixinho. No entanto, na aula de sh'bam ninguém tem de ter vergonha de nada, e eu danço como se de uma bailarina profissional se tratasse, levo a coisa mesmo à séria. Isto claro, quando estou concentrada, porque já começei  a perceber que há cada vez mais machos a frequentar estas aulas e aquilo é a distração total. Eus sei que não estamos lá para gozar com ninguém, mas se há homens com pé de chumbo, descordenados e sem jeito nenhum para a dança, eles estão todos lá. É que nem precisam de estar muitos, ontem até era só um, mas foi o suficiente para eu ter de mudar de lugar, caso contrário, fazia como ele e não acertava um único passo. E depois, claro que não sou a única a reparar e basta trocar um olhar com as amigas e é toda uma desconcentração que mais valia ter ficado em casa por não conseguirmos fazer nada. Eu sei que é de louvar a coragem do rapaz de dançar (ou tentar) no meio de tanta mulher, mas o que me dá vontade de rir nem é ele não perceber nada daquilo e fazer tudo mal, é ele fazer mal e pensar que está a fazer tudo lindamente armado em bom. Enfim...eu sei que sou má língua, mas também sei, que eles bem treinados, com um mesinho de aulas ficam ali a dar à cintura lindamente e bem melhor que eu (que aí sou contida).

Eu tenho fé em vocês machos do Sh'bam e obrigada por trazerem alegria às minhas aulas e me desconcentrarem.

Quero, ou queria tanto! #23

Entrei na Pull & Bear e prometi a mim mesma que não entrava tão depressa em mais loja nenhuma. É que isto de não ter um ordenado e andar a ver coisas bonitas e não conseguir comprar torna-se complicado. Ainda mais, não sei se foi precisamente por não conseguir comprar nada, mas acho que a Pull nunca teve coisas tão bonitas como as que tem agora.

Fiquei com esta saia de baixo de olho. Adorei.

 

Saia origami, 15,89 - Pull & Bear
Foto retirada do site da Pull&Bear