Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Continua a sonhar...

Estou tão desesperada que dou por mim a sonhar que tenho entrevistas de emprego, que fui contratada para trabalhar aqui, aqui e acolá e que ando desesperada a correr de um lado para o outro por causa do trabalho.

E quando dou por mim....tcharan.....foi só um sonho e a minha vida continua a mesma.

"Então Rita ainda não arranjaste nada?"

... É esta merda que oiço cada vez que saio à rua e me cruzo com alguém conhecido.

Já mostro má cara, já começo a desviar-me das pessoas e vou começar a responder mal.

Vou começar a perguntar se têm trabalho para me oferecer que se não tiverem para se calarem e se meterem na vida delas! Já me chega tentar esquecer por uns minutos que não tenho trabalho e não estar sempre a pensar no assunto e vêm os outros bater na mesma tecla.

Chatos de merda.

O Natal está aí à porta #1

E eu era a pessoa mais feliz do mundo se chegasse à garagem e tivesse este menino com um laço gigante à minha espera!

Pensava que o meu amor por minis já não podia crescer muito mais, até meter os olhos em cima do novo mini de 5 portas, que é lindo de morrer.

Ja andei pelo site uma data de vezes a criar um que me preencha, e aqui está ele. 

Pode sair um igual ou parecido a este cá para casa se faz favor!

 

 

Desespero

Epa há dias em que me meto a pensar se fiz mal a alguém nesta vida!

Faz em Dezembro um ano em que estou em casa, que não encontro trabalho, que vou a entrevista e que não fico com a merda do lugar.

Não me venham dizer para procurar fora da minha área, que como é óbvio, já tirei da cabeça que vou arranjar alguma coisa da minha área. Mas sinceramente começo a pensar que isto é castigo. Não sei porquê porque não fiz mal a ninguém, mas quando começo a ver toda a malta à minha volta a trabalhar, toda a gente a conseguir e eu nada, começo a bater mal da cabeça.

Já não suporto estar mais nesta casa. Já não consigo ouvir a minha mãe a mandar-me ir trabalhar, a dizer que não faço nada, que isto não é vida para ninguém. O meu pai que diz que eu não devo é querer trabalhar.

Acho que em breve vou dar em doida, e isso começa a assustar-me.

Fran? Quem é esse?

Oi? Fran?

Já conhecem o Fran? O filho da Ágata ("podes ficar com as jóias, o carro e a casa, mas não fiques com Ele", deve ser este filho) que se tornou cantor!

Ontem vi-o na tv a actuar num programa da rtp.  Digamos que a música que ele cantou, principalmente o refrão, tem tudo para ele estar em pleno palco aos saltos e a curtir bué (apesar de eu não ter achado graça nenhuma à música), mas ele estava era quieto, a morrer e com cara de frete, de quem não lhe aptecia estar ali. O que é sempre bom para um cantor.

Também viram? Já conhecem? Não? Também não vale a pena.

 

Para os que ficaram curiosos fiz questão de pesquisar por vocês, apreciem.

 

Por acaso até gostei da parte em que está calado! A partir do 1:47 até aos 2:10. Ahah

 

 

Vai-te lamentar para outro lado

Já toda a gente sabe que quem tem cunhas está safo.

Eu como não as tenho estou lixada, mas pronto, não interessa agora.

Tenho uma colega minha que em Dezembro conseguiu arranjar um estágio profissional para a área dela a 5 minutos a pé de casa. E como é que ela conseguiu arranjar? Porque o pai conhece os patrões e foi lá pedir, como até estavam a precisar chamaram-na de imediato.

Eu também conheço os patrões, conheço a empresa e sei como toda a gente sabe, inclusive a minha colega, que eles não são pessoas de andar a gozar com os outros e que de certeza absoluta que se eles gostarem dela que lhe fazem um contrato, porque precisam de alguém.

Mas não, o que ela gosta é de gritar ao mundo a dizer que quase de certeza que vem embora agora em Dezembro e que vai ficar desempregada e que não sou só eu e blá blá blá.

Aquela gaja, ainda não ficou sem trabalho, ainda lhe faltam uns meses pela frente, mas desde que lá entrou que anda a chorar-se a dizer que vai ficar desempregada.

Isto não é gozar com os desempregados?

Passa por mim "então já arranjaste alguma coisa? Pois, deixa lá não és só tu, eu  de certeza que me venho embora era sorte a mais". Opa a sério, ando desde dezembro a ouvir a mesma coisa da boca dela e dos pais dela. Parece que é a gozar com os que não têm trabalho, parece que é para depois andar aí a dizer,"olha vieram-me dizer que gostaram muito de mim e pediram-me para ficar".

Os pais dela passam por mim e a história é a mesma.

Fdx, eu não tenho trabalho, ela tem trabalho, ainda o tem garantido até dezembro, quase de certeza que lhe vão meter a merda de um contrato à frente para assinar e continua a chorar.

Quem tem de chorar sou eu que estou quase à um ano em casa sem arranjar a merda de um trabalho, e não ando aí pela rua a lamentar-me a quem me aparece à frente,faço-o em casa sozinha.

 

Só estágios profissionais...

Hoje em dia parece que todas as empresas se aproveitam do raio dos estágios profissionais.

Concordo com a medida quando esta é aplicada quando alguém sai da universidade, quer o seu primeiro emprego na área, arranja um estágio profissional em que é cumprido em todos os seus objectivos e não apenas porque as pessoas estão a receber dinheiro para pagar parte da bolsa de estágio deste, onde os estagiários sabem que podem contar com alguém para os ajudar em alguma dúvida e acima de tudo, que no final do estágio, se este correr bem tenham a oportunidade de vir a ter um contrato de trabalho. Aí sim, o estágio vale a pena.

Agora não me venham cá pedir estágios profissionais para uma loja de roupa, para servir às mesas e para o que quer que seja. Parem de se aproveitar desta medida por favor. Quem já realizou estágio profissional, parece que já não consegue um trabalho, porque pelos vistos há sempre um lugar numa empresa para estágio profissional, assim que um termina começa logo outro. Enfim, e por este andar e pelo que tenho visto, qualquer dia até para limpar o cú a velhotes pedem estágio profissional.

Estou tão triste, tão chateada, tão revoltada com o meu país que ninguém consegue imaginar!