Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

A minha aventura na costura

Já tinha falado por aqui que tinha comprado uma máquina de costura. A verdade, é que a máquina já cá mora em casa há um tempo, e dedicar-me a sério à coisa, zero!

A minha relação com a costura até à duas semanas, não era nenhuma. E não é que agora estou a começar a ficar um bocado viciada naquilo? É que é mesmo giro. Mas não é fácil, é que levar a costura a direito, para iniciantes não é pêra doce.

Começei pelos paninhos velhos, a fazer vários pontos, a tentar fazer a baínha aos panos. Depois, passei para os bolsos das aventais da minha mãe, às batas do trabalho do pai, e claro, depois de tanta coisa fui-me aventurar num vestido meu. O raio do vestido, na parte do peito ficava com o forro de fora, e eu lá fui tentar arranjar. Acham que consegui? Claro que não. Pensava eu que já estava uma costureira feita e não é que estaguei aquilo? Tendo em conta que o vestido tinha o tecido muito giro, vou aproveitar e fazer uma saia, ainda não sei é se sou eu, ou se vai à costureira (profissional).

Entretanto, já me meti noutro trabalho a sério, colocar umas faixas de tecido e um bolso na toalha de praia da minha sobrinha! Garanto-vos que ficou muito gira. Em breve meto aqui uma foto.

Ah, no meio disto, quando entrei no meu "atelier" deparei-me com um papel na janela a dizer "faço arranjos de costura", com a imagem de uma máquina e o meu número de telefone com letras bem visíveis. Ainda estou para descobrir quem foi o brincalhão.

 

2 comentários

Comentar post