Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Ainda o emprego e as cunhas

E depois há aquelas que por alma do espiríto santo têm acesso a ofertas do centro de emprego sem que os editais tenham saído cá para fora.

- "olha, tenho uma entrevista. Fui lá ao centro de emprego e ele disse-me que estavam a pedir alguém para o sítio x para realizar um estágio profissional".

Fiquei espantada, disse que tinha lá metido umas 4 vezes currículo e nada.

- "ah pois, não sei, aquilo não saiu do centro de emprego, nem chegaram a meter a oferta cá fora,  mandaram-me logo ir no dia a seguir à entrevista e disseram-me na hora que tinha ficado com o lugar."

Comentei que  era um bocado estranho, normalmente fazem mais que uma entrevista e dizem que até ao dia tal comunicam se ficou com o lugar ou não. A maior parte das vezes nem dizem nada.

- "Pois, fui a única que foi à entrevista e disseram-me na hora que o lugar era meu"

Passados uns dias fiquei a saber que conhecia alguém no centro de emprego.

 

Acho que tenho de ir tentar fazer amigos para locais destes.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    :P 02.12.2014 09:02

    Conheço a teoria: « a pobreza é uma escolha » - « são pobres porque gastam tudo na taberna quando podiam muito bem, (após 8 horas nas obras), ir até à biblioteca mais próxima que até é gratuita e tudo!» Pois claro, são é uns grandes preguiçosos!
    P.S. Pois claro, se fosse à luta, andava por aí a bater de porta em porta a vender contratos da MEO a famílias sem um tusto!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.