Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Armei-me em costureira

À imenso tempo que eu andava a querer comprar uma máquina de costura e ontem foi o dia!

Eu não tenho  nenhum curso de costura, aliás, eu não percebo nada de costura para além de coser botões. Mas a partir do momento em que a minha constureira começou a ter umas 5 mulheres ao pé dela, todas na conversa, em que eu vestia às calças para ela ver o comprimento e ficava tudo a olhar, pensei o quanto daria jeito ter uma máquina em casa, fazer a bainha de um momento para o outro, sem ter que andar para trás e para frente a perder tempo. Ah e claro, o fundamental para a decisão, foi começar a perceber que as bainhas começaram a vir tortas! E vamos lá saber porquê. Sera que toda aquela cusquice qe vai para lá não interfere no trabalho da senhora? Claro que sim!

No domingo la fui eu toda contente comprar uma máquina. Parecia uma criança à procura de um brinquedo. Deviam-me ter visto a chegar a casa, ler o manual de instruções, e a coser paninhos velhos para treinar.

Agora é treinar, e ver se ainda vou a tempo de fazer uns trapinhos para o verão, e depois do verão, parece que este ano é que vou ter fatos de carnval bem bonitos.

Já que isto está tão mau de arranjar trabalho, quem não sabe se não vou tirar a freguesia à outra senhora!

 

 

6 comentários

Comentar post