Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Aventuras de autocarro

Já tinha dito que andava na formação de espanhol proporcionada pelo iefp. Para ir à formação e ter direito ao subsídio de transporte, tenho de ir de autocarro, como é óbvio.

Confesso que nunca gostei de andar de autocarro (chamem-me fina) mas o medo de o perder ou de entrar no autocarro errado assombra-me desde o 5º ano em que tinha de apanhar o autocarro sozinha para ir e vir da escola.

Não punha os pés dentro de um autocarro provavelmente há um ano e foi apenas duas ou três vezes.  Este mês já tive de andar umas quantas vezes e claro que já não tenho qualquer problema, já não tenho 9 anos, mas no entanto, continuo a ter problemas, neste caso, dentro do autocarro. Ele são velhas a tossirem para cima das pessoas, são pessoas com a cabeça em cima de nós a tentar perceber a conversa que estamos a ter, é a campaínha não tocar e o motorista não parar para saírmos, é toda uma aventura.  Mas a desta semana foi a melhor. Não tinha muitos lugares e curiosamente o lugar vazio era atrás de um senhor que certamente tirou o seu casaco do armário onde estes esteve guardado durante 10 anos, tal era o cheiro a mofo que o homem tinha consigo. Fui o caminho todo agoniada com o cheiro e tive mesmo vontade de lhe pedir para abrir a janela e meter o casaco a arejar.

Ele encontra-se com cada um.

2 comentários

Comentar post