Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Bronze? Qual Bronze?

Acho que já tinha dito algures no blog que moro a 3km da praia.  O que faz com que todo o santo dia que tenho livre, possa dar um pulinho à praia. Quer dizer, isto se não apanhar um dia ventoso, o que por esta zona não é nada difícil.

Mas estava eu a querer dizer, que poderia estar com um bronze espectacular, mas não consigo. Primeiro, porque se meto a cabeça nem que seja por 3 minutos ao sol, sou brindada com uma dor de cabeça para 3 dias, e depois, o meu tom de pele é assim a puxar para o claro. No meio disto tudo, como é bastante complicado entrar no mar gelado aqui do oeste, passo grande parte do tempo na toalha, o que faz com o protector seja passado quase de 20 em 20 minutos.

Já estão a ver a cena? Se fizer praia apenas aqui na zona no final de setembro, já conseguem olhar para mim e dizer que estou um bocadinho bronzeada. Mas depois há o lado bom, porque o bronze daqui dura muito tempo. Enquanto que o do algarve parece que queima rápido, mas passado três dias já cá não está.

Ontem fui à praia, estava um dia espectacular, não havia vento, a bandeira estava verde (acreditem, é muito raro) e consegui molhar-me. Mas o bronze? Esse não sei dele. Só o vi nos meus amigos.