Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Dos autocarros...

Já perdi a conta ao número de vezes em que disse que odeio andar de autocarro.

Felizmente, tenho tido a sorte de ter o carrinho da minha mãe quase sempre à minha disposição, seja para ir beber um café, dar um passeio, para ir a entrevistas e agora para ir trabalhar as duas horitas que arranjei. Mas claro que quando entram as fantásticas formações do centro de emprego, tenho de me sujeitar a ir de autocarro porque eles pagam as despesas o que já e muito bom. O pior é que o meu medo de perder o autocarro sempre foi grande, e aqui a Rita tem de apanhar o autocarro as 8:20 e vai para a paragem as 8:00 porque o maldito nunca lá passa à hora prevista. Ou passa às 08:10 ou às 08:30, e lá fico eu feita mula à espera do bicho.

Depois há o dilema de vir para casa, o caralho do autocarro aqui para casa passa de meia em meia hora, a formação acaba as 13:30, e o maldito passa às 13:30 e depois só às 14:30, e lá fico eu a ver montras a fazer tempo e sem dinheiro para gastar.

Já disse que odeio andar de autocarro?

2 comentários

Comentar post