Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Farta

Quero acreditar que o destino (se é que essa merda existe) está a preparar algo grandioso para mim. Que é o que toda a gente diz para me ver feliz e contente.

Na verdade só nos tentam calar, dizem que é uma questão de tempo, uma questão de sorte, que os outros têm cunhas e que nós também havemos de conseguir arranjar algo.

Resumindo: tentam-nos calar, porque é bonito dizer que vamos conseguir, que acreditam em nós, em vez de dizer que sim, se calhar tens razão, não deve ser nada fácil. Porque ninguém percebe ou ninguém quer perceber.

Evito todos os dias queixar-me a alguém. Tento todos os dias não pensar nesta merda, tentar seguir em frente e pensar que amanhã vai ser melhor. Mas há dias em que não dá nem  por nada. Não aptece sair da cama, não apetece vestir e só pensamos em merda. Na merda da vida e no sentido que a vida tem. O que é que eu tou aqui a fazer? Nada. Ando irritada com toda a gente, perco a paciência que é um instante, só me aptece desaparecer e ainda oiço quem me chame de parva e de estúpida por estar assim.

Ninguém percebe e ninguém vai perceber enquanto não tiver numa situação destas (coisa que não desejo a ninguém). Há dias em que me deito a pensar que não queria acordar, que não faço aqui nada. Já nem me serve de muito pensar em quem cá deixaria.

Estou tão cansada, tão farta...

10 comentários

Comentar post