Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Feliz e de bem com a vida

Acho que consegui finalmente encontrar algo que me dá imenso prazer de fazer. Quando era miúda andei na natação, nos ranchos, na dança de salão e em sei lá mais o que, mas tive a capacidade de não continuar com nada. Onde andei mais tempo foi mesmo na natação. E o que eu adorava a natação, mas acabei por desistir por uma grande parvoíce mesmo, acho que até hoje nunca contei à minha mãe. Desisti porque ia fazer 10 anos, e tinha de avançar de nível e como tal, mudar de piscina, onde eu andava já era pequena, e não sei que raio de conversa ouvi, e o que troquei para la que ouvi as palavras, sócio, pai, mãe e divórcio. Ou seja, a minha irmºa já la tinha andado, o meu pai era sócio e em caso de divórcio alguma coisa. E eu naquele momento fiquei a perceber que só me poderia inscrever se eles se divociassem. Claro que pelo  caminho sem questionar ninguém disse imediatamente que já não queria ir para a natação e que nem valia a pena inscreverem-me e assim foi. Fui tão teimosa e não quis mesmo e os meus pais sempre a insistir. Hoje tenho noçao que podia ter ido longe, que eu adorava a natação e que foi dos piores erros da minha vida. Mais tarde, no secundário voltei a fazer e adorava aquilo. E pronto, até aí nada me deu tanto gozo, como agora as aula de dança que tenho tido no ginásio, eu a pensar que não ia gostar nada, que não me ia conseguir "soltar" e lá estava eu, toda maluca, a tentar apanhar a coreografia que toda a gente sabia de cor e saí de lá feliz, bem comigo própria... e pronto, descobrir que a melhor coisa que diz noss últimos tempos foi ter ido para  o ginásio.