Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Não tenho sorte nenhuma!

Sou sempre a fodida. É que sou sempre eu. Quando tem de correr alguam coisa mal a alguém, esse alguém sou sempre eu. Neste caso fiquei com o pior fato.

Já vos tinha aqui falado do meu fato de carnaval. Que juntamente com as minhas amigas idealizámos um fato, todo muito bonito e fofinho e explicámos à costureira o que queríamos. Mostrámos uma imagem, frisámos que queríamos tal qual como na imagem, mas em vez de a manga ser curta, queríamos comprida. A senhora não quis a imagem, disse que já tinha feito que sabia como era  e que só precisávamos de ir comprar o tecido e deu-nos as medidas. Até aqui tudo bem.

Ligou-nos, fomos fazer a prova e a saia que já estava agarrada à camisola e que deveria ser de pregas não tinha pregas. Resmungámos, e disse que como o que tinha feito no ano anterior não tinha pregas porque as meninas não queriam gastar dinheiro em comprar muito tecido, calculou que nós seríamos pirosas e furretas como as outras e também não queríamos. Deixámos passar.

Entretanto, quando fui fazer a prova do meu, já tinha visto um da minha colega que já estava feito e apesar de não ter as pregas achei que estava muito, muito giro.

Passaram uns dias e mandou-me mensagem a dizer que o meu já estava pronto, que poderia ir buscá-lo quando quisesse. Fui, paguei e tive a infeliz ideia de nem tirar o fato do saco e vim embora. Burra Rita, Burra!

Cheguei a casa e a primeira coisa que fiz foi experimentar o fato e ...Surpresa!!!!!!!! Estava uma coisa completamente diferente e  horrível. O Laço das navegantes que é enorme parecia um laço de colocar num fato de homem. O decote não  existia e as mangas faziam de luvas!

Fotografei-me de fato vestido, mandei para a minha colega que tinha o fato giro e pergunto se estava diferente do meu, ou se já era eu a alucinar.  Resposta: "Vai já amanhã reclamar com a mulher, não vais nessa figura para lado nenhum".

Pois foi exactamente o que eu fui fazer. .

 - "Pois minina, eu já sei o que sí passa. Sua amiga já mi dissi, é só colocá o laço mais abaixo e fazer um decotinho!"

Claro, e aqui a parva fica com um fato feio na mesma, com o mesmo laço mas um bocadinho mais abaixo? Claro que não. Pedi para me mostrar um dos fatos das minhas amigas que lá estava para eu ver bem a diferença dos laços.

Costureira: Quérida, o seu é muito diférente é muito péquenino, o seu técido não era bom não, por isso ficou diferente.

Rita: Pois, eu entendo tudo isso, mas esses  fatos estão muito giros, os laços estão lindos e os meus estão horríveis. Eu paguei, para além de querer um fato giro, quero um igual ao delas. Eu comprei o tecido que me mandou, se viu que era diferente e não chegava devia-me ter informado e eu comprava mais tecido. Mas não, pensou que eu não via, agora vai ter o dobro do trabalho e vai-me fazer o decote os laços todos de novo  maiores e bonitos.

Costureira: Minina más eu não tenho tempo não, tenho muito fantasia para fazer eu já não tenho tempo para dormir não.

Basicamente disse à senhora para se desenrascar e me ligar quando tivesse pronto.

Agora adivinhem, fui lá buscar o fato e está maravilhoso!!!!

1 comentário

Comentar post