Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Filmes que tenho visto #24

- Mall Cop 2 -

 

ou em portugês O segurança do shopping 2, um filme de ação e comédia realizado por Andy Fickman e que tem como atores principais Kevin James, Raini Rodriguez e Eduardo Verástequi

 A sinopse do filme refere o seguinte:

Depois de seis anos a garantir a segurança de tudo quanto é centro comercial, Paul Blart tem, finalmente, direito a umas merecidas férias. Ele viaja para Las Vegas com a sua filha adolescente antes desta entrar para a Universidade. Mas a segurança nunca tira férias e, quando o dever chama, Blart responde…

 

 

Parece que não posso ver filmes à noite, ultimamente adormeço em quase todos. Ou então é por o filme estar engraçado, e não passar disso.

Na minha opinião é apenas mais uma comédia banal que permite descontrair um bocadinho.

 

Filmes que tenho visto #23

- Jurassic World -

 

ou em português Mundo Jurássico, um filme de ação realizado por Colin Trevorrow e que tem como atores principais Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Ty Simpkins, Nick Robinson, Irrfan Khan, Vincent D’onofrio, Jake Johson, Omar Sy, Bd Wong e Judy Greer.

A sinopse do filme refere o seguinte:

Steven Spielberg regressa como produtor executivo de “Mundo Jurássico”, a próxima e muita aguardada obra da sua série “Parque Jurássico”. Colin Trevorrow realiza este épico de ação e aventura a partir do argumento escrito em conjunto com Derek Connolly. Frank Marshall e Pat Crowley juntam-se à equipa como produtores.

 

 

Confesso que não ia com grande de ver o filme. Queria ir ao cinema, mas ver dinossauros não era o meu objetivo. Não era o meu, mas era o dele, e por vezes temos de ceder. Eu cedi. E por acaso até fiz bem, porque as expectativas não eram muito altas e adorei o filme. Vale mesmo a pena, até para quem, tal como eu, nao ache lá grande piada aos dinossauros.

Filmes que tenho visto #22

- Get Hard-

 

ou em portugês Faz-te Homem, um filme inserido na categoria de comédia, realizado pro Etan Cohen e que tem Will Ferrell, Kevin Hart, Craig T. Nelson, Alison Brie como elenco.

 

O que nos diz a sinopse?

Quando o milionário gestor de fundos James King é condenado à prisão por fraude, o juíz dá-lhe 30 dias para pôr os seus assuntos em ordem. James procura então a ajuda de Darnell, para prepará-lo para uma vida atrás das grades, desconhecendo que este na verdade é apenas um pequeno empresário... demasiado honesto!

 

 

Se eu gostei? Gostei. Confesso que estava à espera de menos, tendo em conta que não sou a maior fã do ator Will Ferrell. Mas tenho que admitir que é um excelente ator, ou tem é o azar de calharem papéis em que faz sempre de parvo, ou então sou eu que só vejo filmes em que faz de parvo. Mas neste até se escapou, não foi de uma parvoíce assim tão profunda.

É um filme bom para descontrair e para passar um serão bem divertido.

Filmes que tenho visto #20

- The Age of Adaline -

 

ou em português A idade de Adaline é uma filme de drama, romance realizado por Lee Toland Krieger.

O que nos diz a sinopse?

Depois de, miraculosamente, ter ficado com 29 anos durante quase oito décadas, Adaline Bowman leva uma vida solitária, nunca se permitindo aproximar de ninguém que possa vir a descobrir o seu segredo. Mas um encontro casual com Ellis Jones, um jovem e carismático filantropo reacende a sua paixão pela vida e pelo amor. Um fim de semana com os pais de Ellis ameaça por a descoberto a verdade, e Adaline toma uma decisão que mudará para sempre a sua vida.

 

Sou uma lamechas e uma fã assumida de romances e este, há imenso tempo que andava para o ver e lá consegui. O que eu achei? Brutal. Apesar de o final  ser um bocado previsível adorei o filme. E acho que vale mesmo muito a pena ver.

Filmes que tenho visto #19

- Furious 7 -

 

ou em português Velocidade Furiosa 7, um filme de acção realizado por James Wan.

A sinopse do filme refere o seguinte:

No regresso do imparável franchise, Vin Diesel, Paul Walker e Dwayne Johnson lideram o elenco de Velocidade Furiosa 7. James Wan realiza o novo capítulo desta bem sucedida saga que marca o regresso dos favoritos Michelle Rodriguez, Jordana Brewster, Tyrese Gibson,Chris Ludacris Bridges, Elsa Pataky e Lucas Black, aos quais se juntam outras estrelas de renome internacional como Jason Statham, Djimon Hounsou, Tony Jaa, Ronda Rousey, Nathalie Emmanuel e Kurt Russell. Neal H. Moritz, Vin Diesel e Michael Fottrell voltam a produzir o filme com argumento de Chris Morgan.

 

 

Sempre fui uma fã assumida dos filmes velocidade furiosa, vi-os todos, e pelo menos os três ou quatro últimos vi no cinema, e assim que anunciaram o último, claro que disse logo que queria ir ver ao cinema.

Estreia a 2 de Abril, não podia calhar melhor, em pleno dia de aniversário, não fiz jantar nem coisa parecida e apenas combinei ir ver o filme com o moço. A malta começa a perguntar se não há um café para comemorar e ao saberem que íamos ver o filme quis ir tudo atrás. Tipo festa de aniversário de crianças de 12 anos que vai tudo em grupo para o cinema. Assim foi, lá reservei 13 bilhetes e foi tudo contente.

E o que é que eu achei?

O filme está qualquer coisa de extraordinário! E claro está, a homenagem que fizeram no filme a Paul Walker, foi qualquer coisa de muito bom, confesso que me deixou com um nó na gargante, vi muita gente a sair de lá a chorar.

Quem gostou das Velocidades Furiosas anteriores não tenha dúvida que esta é a melhor de todas e acabou em grande!

 

 

Filmes que tenho visto #18

- Divergent -

 

ou em português Divergente, um filme de accção, ficção científica e suspense do realizador Neil Burger e baseado no livro de Veronica Roth.

Sinopse:

Cem anos após uma devastadora guerra ter destruído grande parte do território e da população global, um novo sistema democrático foi criado pelos remanescentes da guerra, foi uma ideia inovadora que trouxe ordem, paz e prosperidade aos habitantes de uma futurista Chicago. A sociedade inteira foi dividida em cinco grupos de pessoas, denominados de: Facções. Foram criadas cinco facções, e todas trabalham na manutenção da cidade, desempenhando funções em diferentes setores. Cada facção tem um determinado nome e cultivam virtudes específicas. Não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível na sociedade, é viver abandonado em extrema pobreza sem ter acesso a quaisquer direitos.

Beatrice Prior nasceu e cresceu na Abnegação, mas o Teste de Aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, que determina a que facção querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma Divergente - tendo aptidão para mais de uma facção. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é, ao mesmo tempo que esconde de todos o fato de ser uma Divergente, pois isso a torna uma ameaça em potencial ao sistema estabelecido, e pode significar sua morte. Beatrice faz uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre a sua vida, o seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.

 

 

O que eu achei do filme?

Adorei e mal posso esperar para ver o próximo que já está no cinema e se chama Insurgente!

Para quem gosta deste tipo de filmes, acho que vai adorar.

Filmes que tenho visto #17

- Laggies -

 

ou em Português Encalhados, um romance do realizador Lynn Shelton.

Um filme que retrata a historia de uma jovem de 20 anos que ao terminar o seu curso, arranja um emprego pouco estimulante e com o qual não se identifica, fazendo com que entre numa crise de identidade. Com 20 e poucos anos, sem objectivos, motivação, perspectivas acerca do seu futuro e sem querer compromissos sérios, as suas atitudes e actos remetem-na para uns passos atrás na sua idade. Enquanto as amigas procuram continuar com as suas carreiras, abrirem negócios, casarem e terem filhos, Megan entra em pânica quando é pedida em casamento pelo namorado ainda do tempo do liceu. Sem saber o que fazer decide fugir e encontra apoio numa miúda de 16 anos que vive com o pai. Ao passar uma semana na casa deles, envolve-se com o pai da amiga.

 

 

Vi o filme por engano, pensava que ia ver uma comédia e afinal de comédia o filme não tem nada. Trata-se de um romance, na minha opinião um bocado fraquinho. Uma história que acho que só acontece mesmo nos filmes e um bocado sem graça. Confesso que adormeci a ver o filme e no dia seguinte para o terminar fiz um esforço.

Não é mau, mas também não é nada de extraordinário.

 

Filmes que tenho visto #16

- Chappie -

 

Um filme realizado por Neill Blomkamp que se insere na categoria de ação/thriller.

Sinopse:

Todas as crianças veem ao mundo plenas de promessas, e ninguém mais do que Chappie: ele é talentoso, especial, um prodígio. Como qualquer criança, Chappie sofre as influências do que o rodeia - algumas boas, outras más - e vai ter que confiar no seu coração e alma para encontrar o seu caminho no mundo e se tornar um ‘homem’. Mas existe algo que faz com que Chappie seja diferente de todos: ele é um robô. O primeiro robô com a capacidade de pensar e sentir por si mesmo. E essa é uma ideia perigosa – e um desafio que colocará Chappie no caminho de poderosas e destrutivas forças que pretendem que ele seja o último da sua espécie.

 

 

Sou uma apaixonada por cinema e não consigo estar muito tempo sem lá ir, e como também estava a precisar de me distrair é caso para dizer que juntei o útil ao agradável. Sinceramente não achei grande piada à imagem da "capa" do filme, achei um bocado estranha, mas ao ver um robot e armas achei promissor.

E claro, adorei, adorei, adorei o filme. Nem tenho mais nada a dizer, acho que vale muito a pena ver.

Filmes que tenho visto #15

 - The Drop -

 

ou em Português O Gople, está inserido na categoria de Crime/Drama e é um filme realizado por Michaël R. Roskam.

Bob Saginowski, um Barman criminoso disposto a deixar o mundo do crime, trabalha num bar de mafiosos e gansters . Ao encontrar um cachorro abandonado e ferido, conhece Nadia por quem mais tarde se vem a apaixonar. Contudo, envolve-se num assalto e num assassinato complicando assim a sua vida.

O filme é baseado num conto de Dennis Lehane.

 

 

Normalmente, tenho o mau hábito de ver o Trailer do filme antes de ver o filme. Digo que é mau o hábito porque assim sei sempre ao que vou e já sei mais ou menos aquilo que me espera.

Neste caso em concreto não vi trailler nenhum, não fazia a mínima ideia de que tipo de filme ia ver e confesso que não estava a perceber nada do filme ao início. No entanto, achei o filme muito giro e um pouco diferente daquilo  que estamos habituados a ver.

 

Filmes que tenho visto #14

 - The Interview -

 

ou em português Uma entrevista de Loucos, uma comédia dos realizadores Evan Goldberg e Seth Rogen.

Dave Skylark, o apresentador de um conhecido Talk-show Americano, chamado Skylark Tonight e o seu produtor, Aaron Rapoport, têm o intuito de se tornarem reconhecidos enquanto jornalistas. Assim que percebem que o Ditador da Coreia Do Norte, Kim Jong-Un, é um fã do programa marcam o entrevista com o mesmo, longe de imaginar que quando se preparavam para viajar para Pyongyang seriam recrutados pela CIA com o intuito de assassinarem o ditador. Serão eles as pessoas mais indicadas para levar a cabo o plano da CIA?

 

Se querem rir, vejam! Eu gostei, fartei-me de rir.