Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Devem gostar de gozar com a minha cara!!!

Não encontro outra explicação, devo ter mesmo cara de quem gosta de ser gozada ou então cara de quem não tem sentimentos!

Vou a passar com a minha mãe num local público e encontramos uma pessoa conhecida. Como toda a gente se preocupa imenso comigo, fez questão de perguntar se eu já tinha arranjado trabalho, com a minha vontade de a mandar para o caralho, simpaticamente lhe respondi que não. Sabem o que é que eu obtive de resposta? Algo como: "pois, compreendo-te, a minha filha também está em casa há uns meses enquanto a empresa resolve um problema e só está a receber 1500 euros por mês, menos de metade do ordenado dela"!!!!!!

Nem pensei, só lhe disse "Então e está a queixar-se? Estou há ano e meio em casa sem receber um cêntimo"!!! E vim-me embora!!!

 

As pessoa devem mesmo gostar de ver os outros na merda!

Há crianças tão ruins

Estava eu muito bem na praia acompanhada pela minha irma e uma amiga e os respectivos filhos delas.  Aparece um miúdo para brincar com eles, aparentava ter uns 3 anos, não foi propriamente simpático tendo em conta que começou logo a tirar os brinquedos aos outros, mas lá tentámos que os "nossos", que ficaram logo de pé atrás, brincassem com ele.

Nisto tudo, perguntámos-lhe o nome. E não é que a pobre cirança respondeu que se chamava Bacalhau? Sim Bacalhau. Perguntámos, uma, duas vezes e ele insistia com o bacalhau. "João, André ou Afonso Bacalhau?" Perguntei eu a pensar que era o apelido. Mas não, respondeu "Bacalhau com batata".Não imaginam a pena que eu senti por o miúdo estar a pensar que se chamava bacalhau com batata.

Passado aí uma meia hora voltei a chamá-lo, disse o meu nome e perguntei o dele. Ele já dizia para lá outra coisa que me parecia ser Enzo, ao qual confirmei com o pai e questionei-o sobre o bacalhau com batata.

Então não é que a pobre criança, antes de estar ao pé de nós esteve a brincar com outros miúdos parvos, que ao não perceberem o nome dele decidiram dizer-lhe que se chamava Bacalhau com Batata. A criança, inocente, lá começou a repetir.

E pronto, são algumas das crianças que temos, que certamente também gostariam de ser chamados de bacalhau com batata, ou peixe com bróculos, pataniscas de bacalhau ou feijoada de chocos.

O que isto me irrita.