Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

E o problema que é comprar uns óculos de sol?

Tenho miopia desde os oito ou nove anos, sempre fui uma miúda com os olhos sensíveis e habituei-me desde muito novinha a andar de óculos de sol.

Assim que comecei a usar lentes de contacto, a médica avisou-me logo para sempre que possível andar de óculos de sol, de preferência com lentes boas, e não daqueles que se vendem na feira.

Logo aí surgiu um problema, sou pequena, tenho a cara pequena, e é díficil encontrar uns óculos que me fiquem bem e não me saltem da cara para fora. Tenho uns Ray Ban já com uns 7/8 anos em cima que coitadinhos para além de já não gostar muito de me ver com eles, têm umas lentes que de tão riscadas que estão já nem consigo ver nada. Então cá tenho andado eu provavelmente há uns dois anos sem óculos de sol, e acreditem, só eu sei o quanto me custa abrir os olhos em certos dias.

Mas retomando ao meu problema na compra dos óculos. Não vale a pena meter na cabeça que é dia de ir comprar uns óculos de sol, porque já sei que quanto mais procuro menos encontro, que me fica tudo grande. Tenho de ir passando, entrendo e vendo se lá estão alguns que me fiquem bem.

Entretanto já consegui descobrir as marcas de óculos de sol em que os óculos me ficam garantidamente bem na cara, e não fico a parecer um criança de 10 anos com óculos da mãe colocado. E quais são elas?  Marc Jacobs, que por acaso tem óculos lindos de morrer  e Tommy Hilfiger.

O ano passado ou há dois anos, ao acompanhar a minha mãe à óptica apaixonei-me por uns Marc Jacobs que me ficavam mesmo, mesmo bem. Tinham mesmo de vir comigo, mas acabaram por lá ficar devido à minha carteira estar demasiado leve. Ou eram estes, ou qualquer coisa muito parecida, sei que as cores e as hastes eram estas.

Até hoje estou arrependida em não ter trazido a porcaria dos óculos, tendo em conta a dificuldade que é para encontrar os ideiais.

Entretanto, na terça deu-me uma pancada qualquer e entrei novamente na óptica. Lá estava toda uma secção de Marc Jacobs linda de morrer e só assim por acaso estavam-me quase todos muito bem. E lá estava um modelo das risquinhas nas hastes mas completamente direito em cima, e pretos. Ficavam-me muito bem, mas não gosto assin tanto de me ver de óculos pretos.

Escusado será dizer que voltei a experiementar uns quantos e lá estavam uns Tommy que não dava muito por eles por serem redondos, mas acabei por experimentar. E não é que os óculos me acentavam que nem uma luva? Era mesmo, mesmo aquilo que eu precisava.  Mas pronto, lá ficaram. Lá pedi a moça para escrever qual o modelo na minha ficha, tendo em conta que faço anos dia 2, tenho esperança de os conseguir lá ir buscar.

Sim, porque eu não posso deixar fugir outra vez os óculos que ficam mesmo bem e só voltar a encontrar outros daqui a 3 ou 4 anos.