Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Dormir a noite toda

Dormi a noite toda. Todinha. Deitei-me às 23 e por aí fora, mas como é óbvio ainda andei às voltas em tudo o que é rede social até adormecer. Voltei a acordar já eram 8 e tal. Não me lembro da última vez que tenha dormido uma noite inteirinha, sem acordar pelo meio, sem a vontade de ir fazer xixi.

Já não me lembrava do quanto isto era bom!

 

Devo estar doente...

Definitivamente, acho que estou com um problema grave de sono.

A noite passada dormi das 21 às 11 e tal da manhã. Tudo bem que estava com uma dor de cabeça de todo o tamanho, mas tive a capacidade de dormir aquele tempo quase todo. Claro que acordei pelo meio para ir à casa de banho e com barulho e tudo, mas a facilidade em adormecer foi notória!

Será que preciso de ajuda?

Já dormi tudo!

Depois de umas quantas noites a deitar-me com o nascer do sol, acho que já consegui meter o sono em dia! E hoje lá fui para a aula de espanhol logo pela fresquinha, quase à hora a que tenho chegado a casa nos últimos dias.

Apesar de rebentarem um morteiro (ou lá que nome dão aquilo) quase aos meus pés, estou viva, de boa saúde e o melhor,sem me ter constipado. O que eu achava que iria ser impossível, tendo em conta a ventania que se instalou na segunda e a chuva que apanhámos na sexta.

E pronto, andamos nós um ano inteiro à espera do carnaval e depois passa a correr!

 

 

Alguém ressona nas aulas?

Parece que sim.

É muito bom quando alguém adormece na aula, começa a ressonar, o professor mete uma música com o volume muito alto e a pessoa que se encontra a dormir, ao acordar manda um salto que quase cai da cadeira.

Escusado será dizer que o professor fica com cara séria a olhar para a pessoa em questão e a restante turma se desmancha a rir.

Bom, foi mesmo muito bom.

O que me trouxe o novo ano?

Nada de nada. O ano é novo mas está tudo na mesma como há 12 meses atrás.

Consegui ir a uma entrevista com as pessoas mais arrogantes do mundo na segunda, somos 146 pessoas para ocupar 6 cargos, não é na minha área mas isso já não interessa. Vamos ver como corre.

Se há coisa que eu sempre tive para dar e vender foi sono, ultimamente parece que ainda tenho mais. Quando mais durmo mais sono tenho.

Conclusão: Até agora só sono.

Acidentes

Pontos na cabeça.

Pontos no braço.

Pontos numa perna.

E outra perna demasiado inchada que parecem duas.

E claro, um carro completamente desfeito onde não se aproveita uma única peça, um poste no chão e dois muros partidos.

Tudo isto por causa do maldito sono e da vontade de chegar a casa para ir dormir. Foi assim que aconteceu esta semana com um colega. E claro, a muitos santos tem ele de rezar e agradecer por não ter ficado pior e não apanhar mais ninguém pela frente.

 

Muito medo tenho eu de andar na estrada, mas não é por mim, é pelos outros.

 

 

Sono

Não sei como é que eu tenho sempre tanto sono, mas adoro chegar à noite e estar cheia de sono e dormir a noite toda.

Eu adoro dormir, se pudesse acho que dormia todos os dias até à uma da tarde. Na verdade, até posso, mas não quero. Não é que não tenha falta de tempo, ou mesmo que não tenha vida para isso, que neste momento tenho, mas se já o faço ao fim de semana, se calhar é suficiente e aproveito durante a semana para procurar trabalho, em vez de dormir, que é mais produtivo. Ou não, que até agora não tem sido.

Cá por casa ninguém vê a coisa com muitos bons olhos e ainda gozam comigo a dizer que eu não sou de ferro, que sou fraquinha e daí ter necessidade de dormir tanto. Dizem que não sabem como é que eu consigo dormir tanto, se eles, quando chega as cinco e tal, seis da manhã não conseguem dormir mais. Eu não, felizmente ainda consigo fazer grandes noites, e manhãs de sono. E parece que não sou a única, porque a minha irmã e a minha sobrinha mais velha também adoram dormir. Eu sei que é tempo perdido, que enquanto num sábado eu durmo até ao meio dia e meia, que muita gente se levanta cedo para ir trabalhar ou fazer desporto. Tenho o exemplo do meu cunhado que às 08:00h da manhã de sábado já está a surfar...

Tenho de aproveitar não é? Não sei o dia de amanhã, logo não sei se amanhã estarei a trabalhar, a entrar cedíssimo e a ter que fazer fins-de-semana, por isso, vou aproveitanto e dormir, que é uma das coisas que mais adoro fazer.

Sei que há por aí muito boa gente como eu...