Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

Fui Carnavalar!

Queridos leitores nunca ouviram dizer que A Vida são dois dias e o Carnaval de Torres são 6? Pois que é bem verdade e quer dizer que provavelmente não estarei presente neste últimos 7 dias, porque o sétimo certamente será para meter o sono em dia!

Querem festa? Querem diversão? Querem conhecer gente nova? Venham também. Temos um corso fantástico, não temos escolas de samba, temos várias praças com Dj's e muita, muita animação.

Acreditem que aquilo que passa na tv a mostrar o carnaval de Torres é apenas um cheirinho muito fraquinho daquilo que se passa por Torres nesta altura, apenas mostra um bocadito do corso. Não vos mostra as ruas cheias de animção e dj's De crianças aos mais velhos, todos se divertem em Torres.

Mas como quero que fiquem com a pulga atrás da orelha, deixo-vos uma amostra.

 

Sugestão: Não querem tanta confusão? Venham ao domingo, dia do corso trapalhão (não se paga, há menos gente, mas não há carros alegóricos).

Isto é que é carnaval

Todos os anos é a mesma coisa.

Aqui em Torres, assim que termina a passagem de ano, o verdadeiro Torreense começa a pensar no Carnaval, o que  quer dizer que uma semana ou duas depois da passagem de ano, em tudo o que é bar e discoteca aqui em Torres se começa a ouvir música de Carnaval. E ontem , que foi inaugurado o monumento do Carnaval, deu-se oficialmente início à epoca, ou seja, ontem à noite era ver gente mascarada, eram associações a passar de de bar em bar e a tocar trombete e tambor e sei lá mais o que e a beber uns copos valentes. Estes sim, são verdadeiros foliões.

Eu não entro nesta brincadeira tão cedo, gosto muito de carnaval, mas chegam-me os seis dias oficiais.

 

 

10917267_1088215787871650_6451680910234313911_n.jp

 Folião que é folião só não vai à cama. Passa pelas brasas em qualquer canto!

(Sim, isto é em torres)

Já tenho o meu!

 

“Torres, hoje, precisa já do seu Carnaval, e não estará longe o dia em que precisará dele tal como hoje carece de vender o vinho da sua região (…) E o próprio paiz que pode vir a ter em Torres o seu Carnaval – O Carnaval de Portugal!”
In Linhas de Torres, 1935

O Carnaval de Torres Vedras é um acontecimento enraizado na identidade cultural e social desta cidade.

A primeira referência ao Carnaval de Torres data do tempo de D. Sebastião, num documento datado de 1574, no qual um morador da Vila de Torres Vedras apresenta uma queixa contra “uns moços folgando com um galo dia de Entrudo trazendo rodelas, espadas, paus como custumam o tal dia”.

Em meados de 1862 realiza-se na Igreja de S. Pedro o jubileu de 40 horas, nos três dias de Carnaval. Mas novas referências ao Carnaval de Torres só a partir de 1885, com a edição do primeiro jornal local. Durante muitos anos o Carnaval limitou-se aos bailes e récitas nas colectividades e em casas particulares, quase sem animação de rua. 

Entretanto, começam a surgir, no início do século XX, alguns apontamentos de sátira política, uma característica que marcaria para sempre o Carnaval de Torres. Foi, no entanto, com o advento da República que o Carnaval de rua começou a adquirir maior animação. 

Nos anos 20, o Carnaval de Torres conheceu o verdadeiro arranque, com a formação de uma comissão para organizar mais a sério os festejos de rua. 

Os Reis do Carnaval, que surgiram por volta de 1925, e as “matrafonas”, que apareceram talvez em 1926, marcaram em definitivo a história do Carnaval desta cidade.
Em 1931 a Avenida 5 de Outubro conheceu a primeira Batalha de Flores e os carros alegóricos, tendo participado nessa manifestação mais de 3000 pessoas.
Foi a partir de 1960 que o Carnaval de Torres começou a realizar-se regularmente, voltando a demarcar-se dos então existentes pelas suas características únicas. O Carnaval foi-se assumindo cada vez mais como um Carnaval popular e de massas, marcando a diferença em relação aos Carnavais urbanos da época. Prova disso foi a realização do 1.º passeio “auto-trapalhão”, em 1971, onde os participantes tinham de ir mascarados. 

A partir de 1980, o Carnaval de Torres profissionaliza-se e cresce ano após ano, rejeitando figurinos externos e assumindo-se como o mais “Português de Portugal”.

 

 

Apenas 10€ até dia 24 de Janeiro!

Foto

 

Chuva e mascarados

E pronto, já se passou a primeira noite de carnaval.

E como eu tinha dito que este ano não ia gastar dinheiro nenhum em roupa de carnaval, que iria ser tudo realizado, ontem fomos ao baú e depois de cortar e andarmos de agulha na mão, lá fomos de meninas de colégio.

 

 

 E já estou a ficar bem constipada por causa da maldita chuva de ontem. É que ontem podia ter chovido tudo de uma vez, assim um aguaceiro daqueles valentes e depois parava. Mas não, foi aquela chuva molha parvos quase a noite toda. Nós ainda fomos ao carro buscar um chapéu, ainda andámos algum tempo assim, mas tivemos de acabar por desistir. E claro que cheguei a casa e gelada como estava, só consegui adormecer com mais dois ou três cobertores em cima.

Maldita chuva desaparece.

Modo Carnaval ON

E já que continua a não haver trabalho por estes lados, a partir do dia hoje até quarta feira, dia 5 encontro-me em modo Carnaval de Torres Vedras. O que quer dizer que a ausência de posts deverá ser notável, visto que o Carnval de Torres são 6 dias, vou estar  pelo centro da cidade e com os horários um pouco trocados.

Ao menos que o Carnaval nos sirva para tirar esta tristeza e angústia de cima e que o povo se divirta como todos os anos.

Apareçam por cá, tragam o amigo, o namorado, o pai e a prima, a vizinha e as vestimentas que ninguém leva a mal (é só ir ao fundo do baú e tirar uns trapos) até porque acreditem que se não vierem mascarados até vão sentir um bocadinho que vieram de um mundo à parte. Venham que não se vão arrepender.

 

 

Kit Carnaval de Torres

Eu já tenho o meu kit para o fantástico carnaval de Torres Vedras!

Inclui uma pulseira livre-trânsito para entrada nos corsos, um postal, uma pulseira e um crachá. Tendo em conta que cada entrada no corso custará 5 euros e o kit custa apenas 10 (neste momento já só há a pulseira pelos 10€) compensa!

E vocês? Já compraram?