Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pimenta na Língua

Tudo sobre alguém que não tem papas na língua

A loucura das amostras grátis

O carteiro deve achar de sou doente cada vez que vê envelopes de marcas de perfume, detergentes e tudo e mais alguma coisa aqui para casa. E porquê? Porque quase todos os dias me meto à procura de amostras grátis e coisas parecidas e mando vir para casa. Dá-me gozo. Mas quem é que diz que as gasto todas? Não gasto. Estão ali guardadinhas muitas coisas que até poderão dar algum jeito numa futura viagem, visto que de avião não se pode levar mais que x ml. (apesar de por este andar só dever viajar daqui a uns 5 anos). Mas claro que nem tudo é arrumado. Por exemplo os bb cream, e os cremes hidratantes, as amostras nisso são fantásticas. Tendo em conta que a oferta é muita, tenho alguma dificuldade em decidir-me sobre qual haveria de comprar, e foi graças às amostras que tive oportundiade de experimentar e decidir-me.

Dá-me um gozo tão grande ir à caixa de correio e ter miminhos à minha espera. E desengane-se quem pensa que eu sou egoísta, porque quando descubro alguma coisa nova é ver-me a mandar vir amostras cá para casa, para a casa da minha irmã e se for de homem para a do namorado também.

Isto é uma alegria!

Viciada em Chocolate

Chocolate branco, preto, de leite, morango, laranja, quase todos eles, tirando apenas alguns dos que levam amêndoas.

Eu admiro quem não goste de chocolate, conheço pelo menos 4 pessoas que não podem nem com o cheiro de chocolate. Como é que é possível? Eu que não gosto de ervilhas, de cogumelos, couves, coisas que até fazem bem, porque é que também não odeio o chocolate? que raio de vicío este. E depois queixo-me que lá vem o peso a mais, a celulite e por aí fora, tudo porque não consigo aprender a deixar os chocolates na prateleira do supermercado. A verdade é que já começo a fazer progressos, a partir do momento em que me apercebi que cá em casa a nutella era consumida apenas à colherada quando tinha de estudar, ou quando andava mais triste ou mais ansiosa (ok, acho que tudo não passavam de pretextos para mais uma colherada) consegui por fim ao vício quando começei a reparar na celulite a aumentar. Mas o resto está complicado, eu bem tento passar ao lado das prateleiras do supermercado, mas depois chega ao Natal e sabem do meu amor por kinder's mandam-me uma caixa deles, faço anos na altura em que só de vê ovos gigantes nos supermercados e levo com um ovo em cima. Assim torna-se difÍcil. E ainda mais difícl quando tenho gente ao lado com o mesmo dilema mas não se importa nada de os comer à minha frente.
A verdade é que entrei numa espécie de dieta, não é bem dieta, é mais querer dar início a uma alimentação saudável, ou seja, muita fruta, muita verdura, zero fritos e por aí fora. Mas ainda à pouco fui toda contente fazer um suminho verde bem saudável e fiquei satisfeita. Aliás, eu pensei que sim, até me sentar em frente ao computador e me lembrar das últimas barrinhas kinders que ali estão...Acho que preciso de ajuda.

Que triste vida de uma viciada...pensando bem, nem é o pior vício de todos, tendo em conta que não fumo, não bebo e não me drogo!

 

Vou só ali num instantinho meter os kinder's bem à mão de semear para a primeira pessoa que aqui entrar os devorar. E  meter uma foto da primeira edição da popota no fundo do ecran para não ir lá eu comê-los.